domingo, 13 de abril de 2014

DOM HÉLDER CÂMARA(1964)


Assim costumava se pronunciar:


ABRE ASPAS

"Ninguém se espante me vendo com criaturas tidas como envolventes e perigosas, da esquerda ou da direita. Revolucionárias ou antirevolucionárias...

Ninguém pretenda prender-me a um grupo, ligar-me a um partido, tendo como amigos os seus amigos e querendo que eu adote as suas inimizades. 

Minha porta e meu coração estarão abertos a todos, absolutamente a todos."
 
FECHA ASPAS


Eis mais um pequeno grande texto que merece ser pensado e com o qual me identifico.

Acho muita graça quando me cobram para aderir a um lado, a um partido.


Tenho dito.


Paulo Monteiro.


E no facebook...



Curtir ·  · Promover · 

LIBERDADE DE EXPRESSÃO

Assim é...

Na CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL, no Artigo 5º...

IV – é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;

No PACTO INTERNACIONAL DE DIREITOS CIVIS E POLÍTICOS DA ONU, no Artigo 19:

1. Ninguém poderá ser molestado por suas opiniões. 

2. Toda pessoa terá direito à liberdade de expressão; esse direito incluirá a liberdade de procurar, receber e difundir informações e idéias de qualquer natureza, independentemente de considerações de fronteiras, verbalmente ou por escrito, em forma impressa ou artística, ou qualquer outro meio de sua escolha.

Na CONVENÇÃO AMERICANA DE DIREITOS HUMANOS, o conhecido e denominado PROTOCOLO DE SÃO JOSÉ DA COSTA RICA, no Artigo 13...

1. Toda pessoa tem o direito à liberdade de pensamento e de expressão. Esse direito inclui a liberdade de procurar, receber e difundir informações e idéias de qualquer natureza, sem considerações de fronteiras, verbalmente ou por escrito, ou em forma impressa ou artística, ou por qualquer meio de sua escolha.

O foco desta postagem é a liberdade de expressão assegurada para todas as pessoas.

Agora, tratar de possíveis desvios de perspectiva e cometimento de crimes por não saber usar isso é outra história e assunto para outra postagem.

Tenho dito.


Paulo Monteiro.


E no facebook...


Curtir ·  · Promover · 

O BRASIL É UMA DEMOCRACIA?


É, né? 

Em sendo assim, por quê o Bolsonaro, o Feliciano, o professor da USP, que fez uma louvação da ditadura militar, e outras tantas figuras polêmicas não podem expressar e defender o que pensam?

Seria essa nossa democracia apenas meia boca, capenga, relativa ou de uma só voz?

Penso que há alguma coisa errada por aí afora...

Portanto, mesmo sem concordar com uma vírgula do que defendem essas figuras, convençam-me que estou errado em defender a livre expressão de pensamento para todos, inclusive, eles. 

Acorda pessoal! 

Tenho dito.



Paulo Monteiro.



E no facebook...

Curtir ·  · Promover · 
  • Marcos Pereira Sem a livre expressão de pensamento, é sinal que continuamos em uma ditadura, ou que estão querendo que ela volte...
  • Leonardo Figueredo Somos livres pra fazer e pensar o que "eles" querem.
  • Paulo Monteiro Às vezes eu tenho grande dificuldade em entender as pessoas, amigoMarcos Pereira!
  • Paulo Monteiro É estranho isso, né primo?
  • Eugenio Moutelik Em minha muito humilde opinião, os corruptos e os incendiários é plantam as sementes de uma ditadura. Bufões como Bolsonaro e Feliciano são apenas isso, bufões.
  • Marcos Pereira Em quaisquer que sejam os regimes políticos, a liberdade de expressão é primordial para que o povo tenha uma ideologia e o conhecimento sobre o quem e o que fazem seus governantes.
  • Aninha Rodrigues Poder, eles podem,mas, depois terão que arcar com o ônus do seu posicionamento arcaico e suportar o ódio da sociedade, sim porque da forma que eles podem se expressar a gente pode contestar, adorar ou odiar...
  • Paulo Monteiro Caros, Marcos PereiraFabio AssisJacqueline Almeida e Neemias Freire, a melhor saída para o meu açodamento sobre a postagem da "Veja no Conselho da Petrobrás" foi a retirada da postagem. Corrigir só não bastava, e ficaria sem muito sentido. Mas pretendo voltar a esse tema. Portanto, peço - lhes que me desculpem. Abs.
  • Cláudia Soriano E depois, se todos falassem e concordassem com as mesmas coisas, onde ficariam os ricos debates?? Concordo com Paulo Monteiro e Aninha Rodrigues
  • Paulo Monteiro Só não desculpem a turma do tal Conselho!!! Kkkkkkkkkkk
  • Jacqueline Almeida Esse cara foi fazer uma provocação, que tem Aécio a ver com o helicóptero? Na verdade, sob o manto de livre expressão está entrando tudo, incivilidade, inclusive....
  • Aninha Rodrigues Isso nunca vai acontecer colega, mas a verdade é que a ditadura foi terrível, acho q esse é um ponto q não tem o porquê ser defendido.O que eles estão debatendo/defendendo são coisas muito contrárias aos direitos humanos, no caso da ditadura foi até cruel, se quiser defenda isso defenda, mas que é um absurdo e que desperta o ódio, ah isso desperta!
  • Neemias Ramos Freire Paulo Monteiro: O que eu acho importante é saber por que grandes e experientes empresários, como o Jorge Gerdau Johannpeter, Claudio Haddad e Fabio Barbosa deram seu aval e aprovaram por unanimidade a compra da tal refinaria. Eles aliás já responderam, dizendo que na época foi considerado um bom negócio. Mas parece que a opinião deles não está sendo de muita valia não. 
    http://www.brasil247.com/.../Chefe-da-Abril-defende...
    www.brasil247.com
    Ex-conselheiro da Petrobras e presidente da Editora Abril, que edita as revistas...Ver mais
  • Adriano Clayton Convence-lo de algo já é uma tarefa meio difícil. hehe. Mas, nada obstante vivermos numa democracia, isso não quer dizer "cheque em branco" para dizer o que quiser contra quem quer que seja. Não vou descer a detalhes, já que vc tb não os trouxe, mas Feliciano e Bolsonaro muitas vezes (não todas) estão acobertados pela imunidade parlamentar. Todavia, tanto eles quanto os pobres mortais (hehe) estão submetidos às leis penais, as quais preveem os crimes contra a honra (arts. 138 a 145 do Cod. Penal) e os crimes contra a paz pública (arts. 286 - incitação ao crime - e 287 - apologia de crime e criminoso). Então opinião não é algo a se usar a torto e a direito, mas com moderação! hehehe
  • Carlos Guimarães Liberdade de expressão são pra idéias que não são tipificadas TIPIFICADAS como CRIME. Apologia ao RACISMO E à VIOLÊNCIA (como a apresentadora Rachel Sheherazade), ao FASCISMO, ao NAZISMO não são liberdades de expressão, são crimes e, como tal, devem ser combatidos, censurados e PUNIDOS! Não confunda alhos com bugalhos amigo Paulo Monteiro
  • Jacqueline Almeida Expor ideias, como Feliciano e Bolsonaro, que vc exemplificou, Adriano, é tão só o exercício de expor ideias. Agora, ir até uma palestra e fazer uma indagação fora de contexto, porque o dono, sequer indiciado, é do mesmo Partido de Aécio, eu entendo como provocação, incivilidade. O que impede o diálogo aberto e construtivo, que devemos sempre buscar. Até a jornalista, de nome de princesa das Mil e Uma Noites, ficou no limite da liberdade de expressão e apologia, o que, no caso de nosso ordenamento jurídico, é razão forte para supor pela ótica da liberdade de expresso _ in dubio ......
  • Jacqueline Almeida ,, apologia, incitação ao crime... , corrigindo...
  • Jacqueline Almeida Colegas de Direito, ainda bem que Ele não é uma ciência exata, a conversa está instigante e agradável, continuamos outro dia ou em outros assuntos. Boa noite, pessoal
  • Carlos Guimarães Mas Rachel Sheherazade e Bolsonaro faz e fazia ( ela ) apologia ABERTA e DELIBERADA à VOLENCIA e ao FASCISMO. O Deputado (se é que se pode chamar aquilo de deputado) vive pregando a volta da DITADURA MILITAR! Isso não é apologia à violencia e ao FASCISMO não, amiga Jackeline?
  • Paulo Monteiro Todos estão sujeitos à Lei. A imunidade parlamentar não é absoluta porque pode implicar quebra de decoro parlamentar e responsabilização ao processo político de perda do mandato. Ademais, se é deputado hoje, amanhã pode não ser mais. O voto que o conduz para lá é o mesmo que tem o poder de tirá-lo de lá. O cidadão comum, de fato, não goza desse benefício legal, mas são raríssimos os casos de alguém se ver processado por crime de opinião. Ao amigo, Adriano Clayton, ofereço a oportunidade de nos indicar um só caso dessa espécie. Por fim, é mais do que óbvio que o sagrado direito à livre expressão não consagra o cometimento de crimes de quaisquer natureza. E não tem isso de que sou difícil de convencer não, ao revés, sou facinho, facinho, basta que não queiram me convencer ao erro e nem à catequese. O resto é possível! Agora, numa democracia verdadeira todos têm direito ao pensar, à voz e à expressão, o resto fora disso não pode ser democracia.
  • Carlos Guimarães ISSO AÍ NÉ CRIME NÃO AMIGA???
  • Carlos Guimarães É PIOR. O CARA É NEO-NAZISTA. POUCO FICA A DEVER AOS GOLPISTAS DA UCRÂNIA, COMANDADOS PELA CIA!
  • Carlos Guimarães ESSE CAMARADA JÁ ERA PRA TER SIDO CASSADO PÓR FALTA DE DECORO PARLAMENTAR! MANDA ELE FAZER ISSO NA VENEZUELA DE MADURO OU DO FINADO CHAVEZ! JÁ ESTAVA EM CANA HÁ MUITO TEMPÓ! LUGAR DE BANDIDO É NA CADEIA!!!!
  • Carlos Guimarães Paulo Monteiro, me desculpe amigo, mas você já ultrapassou os limites da critica ao Governo e do Bom Senso... Só falta agora você fazer CAMPANHA pra AÉCIO!!
  • Paulo Monteiro Quem está confundindo "alhos com bugalhos" é você, Carlos Guimarães! Todo têm sim direito à livre expressão! E quando se fala em crime é bom saber que esse crime é tão somente o que se encontra previsto em lei. Assim, é preciso que você aponte na nossa legislação aonde estão tipificados esses crimes que você aponta. É fácil, para uns, ser radicais contra o que julga sujo e errado, mas, se ao contrário, tem que tapar a boca e levar ao paredão para fuzilamento. É isso mesmo, amigo?
  • Adriano Clayton Muito difícil algum processo criminal levado a efeito, de fato. Mas isso não quer dizer democracia! E, Carlos Guimarães, infelizmente as atitudes dessa turma tem um público admirador cativo, basta ver no face. Serão eleitos e reeleitos de forma sucessiva e com votações estrondosas! Afinal, apesar de toda chiadeira contra o legislativo de uma forma geral, ele nada mais é que um retrato da sociedade. Fazer o quê?!
  • Paulo Monteiro E se eu quiser fazer campanha para Aêcio Neves, qual é o problema? E agora você quer dizer até o que posso ou não fazer, é isso, Carlos Guimarães? Com quê direito? Com qual poder? Menos, amigo, muito menos!
  • Carlos Guimarães Olha o CARTAZ aí Paulo Monteiro. Isso é só uma opinião? Entendo que isso é APOLOGIA! Já existe até Delegacia para Homossexuais! Nem vou falar mais nada...pesquise no Google...
  • Paulo Monteiro Dispenso esse tipo de tratamento e a pretensão de convencimento. Você já me conhece um pouco e sabe que isso não funciona comigo. Não sou Maria vai com as outras! Vamos manter o respeito e o nível elevado! De outra forma, é melhor não continuar debatendo nada.
  • Carlos Guimarães É lógico que pode votar em AÉCIO!!! Só não vale é posar de ESQUERDA, que tá fazendo CRITICA CONSTRUTIVA e depois reconhecer que quer votar em AÉCIO, um extrema direita RECONHECIDAMENTE CORRUPTO! VOTE NELE amigo é um direito seu. É crime não. Mas, por coerência política, deixe de se DECLARAR de ESQUERDA...
  • Carlos Guimarães Os fatos falam por si. Não estou baixando o nível. Só não entendo e não pactuo com quem quer virar a casaca. Se nessa idade não virei, vou morrer de esquerda, como meu pai fez!
  • Carlos Guimarães To fora amigo, dê um abraço em ROBERTO W. NOGUEIRA por mim!
  • Paulo Monteiro Mas quem lhe disse que eu sou de esquerda, direita ou volver? Essa rotulação eu sempre combati e nunca carreguei nenhuma como se fosse um estandarte da diferenciação entre as classes. Para mim, isso é velho e ultrapassado. Trata-se, na verdade, de uma mera dedução sua diante dos meus pronunciamentos contra o imperialismo americano, mas isto não me concede a aura de esquerdista não. Aliás, não tenho nenhum interesse em ser rotulado por nenhum lado político, até porque isso certamente não me fará melhor nem pior do que ninguém. Enfim, esse negócio dr virar a "casaca" também não me atinge em nada. É como digo: não tenho compromisso com o erro, seja de onde for. Mantenho a postagem e todos os comentários, aqui há espaço para todos, menos para ofensa pessoal ou de qualquer espécie.
  • Paulo Monteiro E não entendi esse seu comentário: "To fora amigo. dê um abraço em ROBERTO W. NOGUEIRA por mim!" Aqui é preciso que se esclareça: 1. Não sou amigo íntimo da pessoa à qual você se refere; 2. Não sou menino de recado; e 3. É muito fácil você encontrá - lo aqui mesmo no Facebook e, portanto, dê você mesmo o abraço nele. Oxente, perdeu o senso foi? O que é que você quer dizer com isso?
  • Carlos Guimarães Não é ofensa amigo. É questão de se posicionar. Em política, não existe meio termo ( a não ser o PSDB que ficava em cima do muro, antigamente e deu no que deu!) . Bastante incoerente ser ati-imperialista sem ser de esquerda, tipo ZÉ RAMALHO... Quando a coisa aperta, quem tá no meio, repete a frase: DIREITA, VOLVER!
  • Paulo Monteiro Vai dormir, Carlos Guimarães! Tu tás é com sono! rsrsrsrs
  • Carlos Guimarães VIVA O COMANDANTE CHAVEZ!!!!
  • Carlos Guimarães VIVA CHE, VIVA FIDEL!!!! VIVA CHAVEZ - Companheiro, Presente!!!
  • Carlos Guimarães ISSO É QUE É UM LIDER! LÁ BOLSONARO JÁ ESTAVA PRESO HÁ ANOS!!!
  • Paulo Monteiro Em resumo. Aqui todo mundo é democrata desde que ninguém seja contrariado. Todo mundo tem que pensar igual, ter voz igual, expressar-se igual e nunca, mais nunca mesmo, ousar ser diferente ou pensar diferente. Parada técnica para um bom banho, mas depois eu volto. rsrsrsrs
  • Carlos Guimarães Deixei de debater com a DIREITA a tempos! É perda de tempo. E quando descubro que alguém é " Esquerdista", pulo fora do mesmo jeito... Nem preciso mais repetir o significado dessa palavra... Já tô careca de repetir isso aqui e indicar livros de Lenin, o quais esquerdistas detestam ler!
  • Carlos Guimarães ARRETADO! DUVIDO GOVERNANTE BRASILEIRO NENHUM FAZER ISSO!!!
  • Carlos Guimarães http://www.youtube.com/watch?v=qzT7w2ZHtfI
    www.youtube.com
    Lula manda mensagem ao Foro de São Paulo, saúda os governos de esquerda e progressistas na América Latina e manda apoio a Hugo Chávez.
  • Jacqueline Almeida Bom dia, amigos. Continuando, ainda, a propósito de um comentário de Carlos, mantenho a minha opinião: as pessoas citadas estão exercendo o direito de opinar. Embora não me veja representada por comentários deles, embora não os fizesse nunca, ainda assim vejo como uma maneira incisiva de expor as suas opiniões. Por exemplo, os bascos e os catalães vivem o tempo todo a ser contra o pertencimento ao Estado espanhol, pregam a desagregação da Espanha, no entanto, têm garantido, por esse mesmo Estado o direito de argumentar e lutar por isso, desde que não peguem em armas. Assim, enquanto ficar no âmbito das palavras, eles não estão cometendo crimes. De fato, o crime de opinião não existe. Espero, em outra polêmica, estar do mesmo lado que você, pois, com sua inteligênica e cultura, é uma ginástica mental instigante organizar argumentos para tentar contestar as suas posições.
  • Paulo Monteiro Caros amigos Leonardo FigueredoMarcos PereiraNeemias Ramos FreireAninha RodriguesEugenio Moutelik e Jacqueline Almeida, apresento-lhes alguns comentários do nosso amigo aqui que é tão veemente na crítica aos outros "...mas que esquece de olhar para o próprio rabo." Vejam e tirem as suas próprias conclusões. É de você, amigo Carlos Guimarães, que se acha no direito de cobrar fidelidade política partidária a quem não deve isso, veja o que você mesmo escreveu aqui na minha página e na sua. Veja algumas das suas próprias pérolas! Compartilhe-as com os amigos Adriano Clayton,Othon Oliveira, e com todos os demais daqui:
    PALAVRAS DE CARLOS GUMARÃES:
    ABRE ASPAS
    “Eu, se fosse Dilma, pedia pra cagar e saía! 
    Defender esse PT de Dilma tá, me desculpe a expressão, FODA!!! 
    Logo depois ela deu uma declaração dizendo: "quando chegar a hora falaremos. O governo não vai fretoceder um milímetro sequer". Retroceder mais em que? Só se se juntar com o Cheira Pó! Kkkkkk
    Se eu fosse do conselho de segurança da ONU me absteria em votar! 
    Eu não publique uma crítica que fiz à propaganda que está sendo publicada pelo PT acerca dos ESTÁDIOS. Alega-se que injetaram-se 9,700 bilhões reais. Mas eu indaguei: "pra onde foi esse dinheiro? Pros miseráveis não foi. Com certeza foi pras mãos das empreiteira, CBF , FIFA ( burguesia em geral )."

    Por que, a olhos vistos, não vemos nenhum retorno! Se foi pra algum trator, esses ficaram com os grandes agricultores que o receberam de mãos beijadas, pois o pequeno agricultor e o camponês não viu nada! Par ao BF idem, não aumentou um centavo. Em suma, dinheiro que em vez de se investir em estradas e infra-estrutura em geral, ficou a ver navios...

    Eu até pensei que Lula ia entrar em campo, depois que Dilma deu uma caída. Pois o barbudo começou a falar no face como se fosse o presidente! Já notou isso? 
    Ele chegou a dizer : "Estamos em uma democracia, quando chegar a Copa podem ir pras ruas etc etc.." . Oi? E o presidente é Dilminha ou lula, me indaguei! “
    FECHA ASPAS.
  • Paulo Monteiro Mais uma coisa! Lembrando que a minha postagem não é direcionada a nenhum partido político, é a algo muito maior que isso, diz respeito à DEMOCRACIA que imaginamos ter. Sim, que imaginamos, porquanto uma democracia que não se garante na convivência entre os opostos e o dissenso só pode ser fruto da ignorância ou da má-fé. Caro amigo Adriano Clayton, a eleição pelo voto das tais figuras que mencionei, ou seja, Bolsonaro, Feliciano, etc, faz parte do jogo democrático e quem os elege merece tanto respeito quanto nós que elegemos os petistas da vida e outros tantos. O voto desses eleitores vale tanto quanto o nosso. É uma insanidade, é um atestado de ignorância, imaginar que devemos ter um Congresso Nacional uniforme, sem voz do contra e sem voz até da loucura, isso nunca seria representatividade de democracia. Aos amigos que vêm isso como uma ofensa, uma afronta, sugiro que analisem melhor até para progredir e, quem sabe, entender que esse tipo de coisa é exatamente o sagrado preço que se paga por vivermos em uma DEMOCRACIA (?). É preciso aprender a respeitar a viver e conviver com o dissenso, com a opinião diferente e contrária. Afinal de contas, não somos todos iguais mas defendemos a diversidade, o direito à opção sexual, as marchas de todas as espécies, etc, e achando tudo bonito, altamente civilizado e moderno. E, se fazemos isso, qual é a dificuldade de aceitar o dissenso partindo das figuras em comento? Por quê essas opiniões tão raivosas que chegam a babar pelo canto das bocas? Aonde estão os nossos valores democráticos? Por fim, não tenho nenhuma pretensão de convencer ninguém e, se discordarem destas minhas palavras é até melhor, mas tenho certeza de que é isso que penso. Bom dia a todos!
  • Marcos Pereira Sou genuinamente de esquerda, e não nego isto a ninguém, e meu caroPaulo Monteiro, eu digo para qualquer um, a minha ideologia não está agregada ao PT e tão pouco as esquerdas deste país, o que penso e quero, vai muito mais além do que vemos, que é um país justo com uma distribuição de renda equilibrada e com justiça social, coisa que ainda veremos se é que vamos ver, em um futuro distante, e a liberdade de expressão é fundamental para que haja este equilíbrio, um governo que não a venha permitir podemos chama-lo de ditatorial, a discordância faz parte de uma sociedade em desenvolvimento, pois só assim se chega a um consenso futuro, toda sociedade que hoje é considerada evoluída passou por este processo e ainda vive ele, reconheço que Lula fez por este país muito mais que a direita nos últimos 50 anos, porém esconder as chagas do governo Dilma para mim é incoerência, mesmo com a mídia PIG denunciando, 80% dos casos são verdadeiros, não adianta tapar o sol com uma peneira, por mais que ache que minha ideologia um dia poderá ser uma realidade vinda com o passar do tempo pelo PT, mas ela não sobrepõe ao meu senso de justiça, que embora o judiciário deste país esteja a apodrecer por dentro, ainda assim eu acredito nela.
  • Paulo Monteiro Você, caro Marcos Pereira, acerta em tudo e com o acréscimo de não cobrar de ninguém o que não deve ser cobrado. E tem mais uma coisa nesse seu comentário com a qual me identifico e que me norteou a vida inteira: SENTIMENTO DE JUSTIÇA. É isto amigo o que me move até hoje. Por isso que estamos livres para combater os erros e reconhecer e elogiar os acertos. É por aí mesmo.
  • Marcos Pereira Pecar pelo silêncio, quando se deveria protestar, transforma homens em covardes.
    Abraham Lincoln
  • Paulo Monteiro E como se vê por aqui, silêncio não é o nosso caso. A zoada é grande de todos os lados!
  • Eraldo Alves Liberdade de expressão tem limites. Eu posso achar a opinião de alguém uma MER...cadoria rsrs Mas devo, por questão de civilidade, dizer que sou contra e por quais motivos. Se uma opinião é apologia a crime, injúria, calúnia ou difamação (crimes previstos no código penal), como já fez e pregou o Bolsonaro, aí seria caso de um processo por decorro parlamentar ou, no caso de uma pessoa comum, apuração do respectivo crime numa delegacia. No caso de Bolsonaro, os demais parlamentares fazem corporativismo com ele, e isso impede de ele ser processado por decoro parlamentar. Quanto ao seu texto: "O BRASIL É UMA DEMOCRACIA?
    É, né?
    Em sendo assim, por quê o Bolsonaro, ...(pra ficarmos só nele) não pode expressar e defender o que pensa?"... Quem lê seu texto pode achar que BOLSONARO NÃO PODE FALAR O QUE PENSA. Mas ele pode sim, e a reação das pessoas contrárias a ele NÃO é para impedi-lo de falar, e sim porque são contrárias ao que ele diz. Querer passar nesta postagem que o Brasil NÃO é de fato uma democracia só porque as pessoas criticam acidamente (e com razão) Bolsonaro, aí é uma opinião improcedente e sem nexo causal. Afinal, ele tem todo o direito de "falar o que quer", e USA ESSE DIREITO A TODO VAPOR. Mas ele "vai ouvir o que não quer", e isso ele nem qualquer pessoa pode impedir. O que Bolsonaro e seus seguidores (talvez vc não seja) não podem exigir que as pessoas fiquem caladas às opiniões absurdas e criminosas que ele prega, querer isso já é demais. Então, como bem disse Aninha Rodrigues, "Poder (falar), eles podem, mas, depois terão que arcar com o ônus do seu posicionamento...".
  • Paulo Monteiro Lembre-se, Eraldo Alves, que em recente sessão o Bolsonaro foi impedido de discursar em favor da ditadura militar na própria Câmara de Deputados, o que levou o Presidente da Sessão a encerrar esta. Ao meu ver, isso é errado. O correto era deixar ele falar, elogiar, dizer as besteiras que ele sempre diz, e depois se manifestar com uma uníssona e sonora vaia. Isso sim seria democrático. E se esse tipo de cerceamento acontece na própria Câmara de Deputados, imagine nas ruas.
  • Eraldo Alves Pelo que vi no vídeo da imprensa, ele NÃO foi impedido de falar. Quando ele começou a falar, as pessoas ficaram de costas pra ele (isso é legítimo de quem quiser). Aí Bolsonaro exigia que as pessoas no plenário NÃO ficassem de costas pra ele, pois se sentia despeitado com isso. Como houve o tumulto dele gritando com o "desrespeito" sofrido, aí o presidente da mesa encerrou a sessão. Então, reafirmo que ele não foi impedido de falar, a sessão foi encerada pelo tumulto, e não pelas opiniões dele.
  • Eraldo Alves Os fatos devem ser citados corretamente
  • Paulo Monteiro Talvez eu precise aprender isso com você, meu mestre. Vamos lá. O Presidente alegou que a postura do plenário não era condizente com o Regimento Interno da Casa e encerrou a sessão. Isto eu também vi. Qualquer dúvida podemos pegar o vídeo, ou tentar. E, até na reclamação ele, Bolsonaro, tem razão. O que custava prestarem atenção? Ele não estava pedindo que concordassem com ele, ao contrário, ele sabia que a turma ía de cair de pau em cima dele. Qual a razão para tanta intolerância?
  • Paulo Monteiro O CONGRESSO NACIONAL É A CASA DOS OPOSTOS

    Eu não entendo porque toda essa gritaria contra esse deputado/pastor de nome Marco Feliciano ! Ele não é diferente de tantos outros que lá estão não ! Dentre uma considerável parte do nosso Congresso Nacional a única diferença está na gradação para mais ou para menos em relação aos que não prestam, só isto. As pessoas precisam entender que tanto o Senado quanto a Câmara dos Deputados são Casas dos Opostos mesmo. E isto é o preço que todos pagamos por vivermos num estado de direito e numa democracia; ainda jovem, é verdade, mas mesmo assim uma democracia. Neste sentido, pensando bem o preço é razoável. Logo, essa gritaria toda, essa intolerância toda, essa histeria toda, ainda que supostamente embasada por motivos nobres, está errada quanto à forma escolhida para solucionar o problema; se é que é um problema. E antes de ser louvável é um atestado de ignorância quanto ao jogo democrático estabelecido na nossa Carta da República de 1988. Ademais, lembrem-se que no Congresso Nacional têm assento representantes de todas, ou quase todas, as camadas sociais, e estas sempre têm interesses opostos e muito raramente falam a mesma língua ou dialeto. Portanto, o bom combate à essa figura de pastor/deputado, deputado/pastor, deve se dar, uma vez que ele foi eleito pelo voto popular, dentro da própria Câmara de Deputados e com base no que a lei dispõe. Enfim, se hipoteticamente lá temos neonazistas, racistas, homofóbicos, corruptos e salafrários de todos os demais tipos, lembrem-se que isto faz parte do jogo democrático onde nem sempre temos o queremos ter e nem só ouvimos o queremos ouvir. E o voto consciente é o caminho mais legítimo para banir essas figuras abjetas do Congresso Nacional. 

    Tenho dito.
  • Marcos Pereira Concordo Eraldo Alves, cada um tem o direito de expressar sua opinião e pensamento, se ele vem carregado de infâmias e inverdades, existem códigos de leis para defenderem aqueles que foram vítimas de tal ato, a vida é feita de escolhas e consequências, e a liberdade de expressão continuará soberana, desde que seja exercida com responsabilidade.
  • Eraldo Alves Você agora está desviando os fatos. ora diz que o impediram de falar. Aí como vê que não o impediram de falar, aí diz: "o que custava prestar atenção?' Paulo, você era mais humilde em reconhecer que o argumento do outro interlocutor é procedente. Porque mudou?
  • Walderia Santana É né??? kkkkkkkk muito bom! O país é formado por mais de 35 partidos,cada um pior que o outro,se fossemos sérios não precisaríamos disso, apenas tres, um de direita outro de esquerda e um de centro, no mais isso só serve pra trampolim e os políticos usarem a seu bel favor, são donos dos partidos, como se nós fossemos propriedade deles, a nossa situação politica ta nojenta mesmooooooooo.
  • Adriano Clayton Paulo Monteiro, eu não disso que isso que vc mencionou por derradeiro em relação a minha pessoa. Ok? Voto é coisa sagrada, palavra nem tanto! E, meu irmão, desculpe-me, mas vc fala tanto em entender, aprender, compreender e etc... Mas usa esses verbos somente em relação aos outros. Rede social não é lugar para "professorar", mas para interagir e debater!
  • Paulo Monteiro Não se trata disso, Eraldo Alves! Como já disse, e repito, eu valorizo muito a opinião de todos. A questão de aceitar o argumento do interlocutor fica restrita ao convencimento. Se convencido, eu aceito sim. Não tenho dificuldade nisso.
  • Paulo Monteiro Veja,, Adriano Clayton, a parte do seu próprio comentário à qual me referi: "...infelizmente as atitudes dessa turma tem um público admirador cativo, basta ver no face. Serão eleitos e reeleitos de forma sucessiva e com votações estrondosas...". Foi você que escreveu isso! Tá aí em cima, veja! No mais, você acha que estamos fazendo o que aqui senão o tempo todo interagir, debater, concordar, discordar, etc. Já o "professorar" é dedução sua, nunca foi minha.
  • Paulo Monteiro E já que estamos a falar de Liberdade de Expressão, lembrei que aqui mesmo publiquei...
  • Paulo Monteiro A CONSTITUIÇÃO E A “LIBERDADE DE EXPRESSÃO”.
    A atual sociedade brasileira se sustenta no Estado democrático de direito. Para definir-se o conceito constitucional de “Liberdade de Expressão” tem-se que buscar os seus fundamentos na interpretação sistêmica do Título I - Artigos 1º ao 4º - da Carta da República de 1988, que com exatidão define os "Princípios Fundamentais" da República Federativa do Brasil. 
    Dentre os fundamentos basilares republicanos previstos no Artigo 1º, encontram-se a Cidadania - Inciso I -, a Dignidade da Pessoa Humana - Inciso III - e o Pluralismo Político - inciso V. 
    Nesta mesma linha, dentre os objetivos fundamentais da República previstos no Artigo 3º, encontram-se: a) "construir uma sociedade livre, justa e solidária" - Inciso I - e b) "promover o bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade e quaisquer outras formas de discriminação" - Inciso IV.
    Naturalmente, e isto é imperativo, qualquer conduta inadequada que afronte tais fundamentos da República Federativa do Brasil, bem como os seus objetivos é, de plano, inconstitucional e deve ser enfrentada nos termos da Lei.
    A tão propagada e essencial Liberdade de Expressão está assegurada pela Carta da República Brasileira no Artigo 5º, que inicia o Capítulo I, e que trata "Dos Direitos e Deveres Individuais e Coletivos" do Título II da referida Carta Magna, intitulado "Dos Direitos e Garantias Fundamentais". Aqui estão contidos, em vários e diferenciados Incisos, as bases imprescindíveis para uma interpretação sistêmica que nos remeta ao conhecimento e à necessária compreensão do seu conteúdo. Daí por que, a transcrição, in verbis, de alguns deles se faz necessária, vejamos:
    IV – é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;
    IX- é livre a expressão de atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independente de censura ou licença;
    X – são invioláveis a intimidade, a vida privada, a honra e a imagem das pessoas, assegurado o direito a indenização pelo dano material ou moral decorrente de sua violação;
    XLI – a lei punirá qualquer discriminação atentatória dos direitos e liberdades fundamentais.
    Neste mesmo sentido, assegura o Parágrafo 2º do já referido Artigo 5º, que:
    “Os direitos e garantias expressos nesta Constituição não excluem outros decorrentes do regime e dos princípios por ela adotados, ou dos tratados internacionais em que a República Federativa do Brasil seja parte”.
    Destarte, é razoável concluir-se que o supracitado Parágrafo tem, de fato e de direito, dentro de organismos representativos na comunidade internacional um rico manancial de princípios complementares e importantes à definição, ao conceito, constitucional do que seja "Liberdade de Expressão" que apontam para isso e estão presentes nos "Pacto Internacional de Direitos Civis e Políticos", adotado em resolução pela XXI Sessão da Assembléia Geral da ONU, em 16 de dezembro de 1966 e ratificado pelo Brasil em 24 de janeiro de 1992, e no "Protocolo de São José da Costa Rica", adotado pela OEA - Organização dos Estados Americanos, aos 22 de novembro de 1969. A carta de adesão do Brasil à Convenção foi depositada em 25 de setembro de 1992.
    Ademais, igualmente lembrando a interpretação sistêmica da nossa Constituição é válido ressaltar que, em consonância com o Artigo 4º da Carta Magna, o Brasil rege-se nas suas relações internacionais, entre outros princípios fundamentais, pela prevalência dos direitos humanos - Inciso II, cujos tratados internacionais sobre esse tema estão incorporados ao nosso ordenamento jurídico.
    Sobre o "Pacto Internacional de Direitos Civis e Políticos", da ONU, observe-se o que reza o seu Artigo 19:
    1. Ninguém poderá ser molestado por suas opiniões. 
    2. Toda pessoa terá direito à liberdade de expressão; esse direito incluirá a liberdade de procurar, receber e difundir informações e idéias de qualquer natureza, independentemente de considerações de fronteiras, verbalmente ou por escrito, em forma impressa ou artística, ou qualquer outro meio de sua escolha.
    3. O exercício do direito previsto no § 2º do presente artigo implicará deveres e responsabilidades especiais. Conseqüentemente, poderá estar sujeito a certas restrições, que devem, entretanto, ser expressamente previstas em lei e que se façam necessárias para:
    a) assegurar o respeito dos direitos e da reputação das demais pessoas;
    b) proteger a segurança nacional, a ordem, a saúde ou a moral pública.
    No outro caso, da Convenção Americana de Direitos Humanos, o conhecido e denominado "Protocolo de São José da Costa Rica", encontra-se forte semelhança entre o Artigo 19 da ONU e o Artigo 13 da OEA, posto que este dispõe nos seus Incisos I e II, o que se segue:
    1. Toda pessoa tem o direito à liberdade de pensamento e de expressão. Esse direito inclui a liberdade de procurar, receber e difundir informações e idéias de qualquer natureza, sem considerações de fronteiras, verbalmente ou por escrito, ou em forma impressa ou artística, ou por qualquer meio de sua escolha.
    2. O exercício do direito previsto no inciso precedente não pode estar sujeito à censura prévia, mas a responsabilidades ulteriores, que devem ser expressamente previstas em lei e que se façam necessárias para assegurar:
    a) o respeito dos direitos e da reputação das demais pessoas;
    b) a proteção da segurança nacional, da ordem pública, ou da saúde ou da moral públicas.
    Para concluir com base no acima exposto, observamos que algumas questões suscitadas no dia a dia não encontram guarida nos textos legais analisados e estão, portanto, fora da ordem do sistema jurídico brasileiro. 
    Por exemplo, o ANONIMATO e a CENSURA, estes estão, sem dúvida, eliminados do nosso ordenamento jurídico, não obstante aqui e acolá algumas autoridades ainda insistam nesse viés autoritário e ultrapassado.
    A se considerar também que a Liberdade de Expressão é apenas mais um dentre os demais membros da numerosa família dos direitos e liberdades fundamentais, todos igualmente imprescindíveis, assegurados constitucionalmente, e nenhum é mais importante do que o outro, não havendo subordinação hierárquica entre eles, ao revés, todos devem ser tidos como vetores dos interesses da Nação Brasileira enquanto sociedade democrática e pluralista inserida na comunidade internacional.
    É preciso que todo cidadão tenha consciência que, no ato do sagrado direito de expressar-se, violar a integridade de qualquer outra pessoa humana igualmente amparada no rol dos direitos constitucionais em comento, não está amparado por nenhuma garantia legal, menos ainda por norma constitucional, ao revés, está atropelando a Carta Republicana de 1988 devendo, por isso, ser responsabilizado legalmente.
    Por fim, assumir conduta inadequada, fora dos limites constitucionais a todos impostos, sob a suposta argumentação do livre exercício do que alguns chamam e entendem por "Liberdade de Expressão" significa, na prática, simplesmente extrapolar a esfera do nosso Direito Constitucional, além de abrir a guarda para que a suposta conduta seja tipificada como ilícitos cível e penal. 
    Paulo Monteiro
  • Paulo Monteiro Reproduzo aqui só a parte da ONU em consonância com o PROTOCOLO DE SÃO JOSÉ DA COSTA RICA: ABRE ASPAS "Pacto Internacional de Direitos Civis e Políticos", da ONU, observe-se o que reza o seu Artigo 19:
    1. Ninguém poderá ser molestado por suas opiniões. 
    2. Toda pessoa terá direito à liberdade de expressão; esse direito incluirá a liberdade de procurar, receber e difundir informações e idéias de qualquer natureza, independentemente de considerações de fronteiras, verbalmente ou por escrito, em forma impressa ou artística, ou qualquer outro meio de sua escolha.
    3. O exercício do direito previsto no § 2º do presente artigo implicará deveres e responsabilidades especiais. Conseqüentemente, poderá estar sujeito a certas restrições, que devem, entretanto, ser expressamente previstas em lei e que se façam necessárias para:
    a) assegurar o respeito dos direitos e da reputação das demais pessoas;
    b) proteger a segurança nacional, a ordem, a saúde ou a moral pública.
    No outro caso, da Convenção Americana de Direitos Humanos, o conhecido e denominado "Protocolo de São José da Costa Rica", encontra-se forte semelhança entre o Artigo 19 da ONU e o Artigo 13 da OEA, posto que este dispõe nos seus Incisos I e II, o que se segue:
    1. Toda pessoa tem o direito à liberdade de pensamento e de expressão. Esse direito inclui a liberdade de procurar, receber e difundir informações e idéias de qualquer natureza, sem considerações de fronteiras, verbalmente ou por escrito, ou em forma impressa ou artística, ou por qualquer meio de sua escolha.
    2. O exercício do direito previsto no inciso precedente não pode estar sujeito à censura prévia, mas a responsabilidades ulteriores, que devem ser expressamente previstas em lei e que se façam necessárias para assegurar:
    a) o respeito dos direitos e da reputação das demais pessoas;
    b) a proteção da segurança nacional, da ordem pública, ou da saúde ou da moral públicas." FECHA ASPAS.
  • Paulo Monteiro Esclarecimento. Li e curti, como sempre faço, todos os comentários, inclusive, os com os quais não concordo.
  • Eraldo Alves Paulo Monteiro, ficou claro aqui que vc nao valoriza a opinião alheia, qdo ela for contraria a sua, tanto que usou de deboche e ironia em me chamar de mestre. Eu provei q seu argumento nao condiz com a verdades dos fatos, pois o Bolsonaro ou qualquer outro canalha pode falar o que quiser no Brasil. Mas em vez de humildemente reconhecer isso, voce prefere desviar o foco. Nao posso exigir humildade de voce, pois isso eh de cunho pessoal e decorre da elevaçao espiritual. Mas que sejamos honestos em, pelo menos, admitir os fatos evidentes, senao o debate se torna uma total perda de tempo.
  • Paulo Monteiro Os canalhas no Brasil podem muito, Eraldo Alves! Podem além do imaginável, os exemplos estão aí para todo mundo ver. Nada a justificar que com o Bolsonaro deveria ser diferente. E para todos a lei é o melhor caminho. Mais uma vez vou discordar de você, principalmente quando diz quando diz que "não valorizo a opinião alheia", valorizo sim e muito. Tanto é verdade que estamos sempre a discutir e, embora com opiniões divergentes, mantemos as nossas publicações. Por outro lado, o que você entendeu como "deboche" e "ironia" nada mais foi do que uma brincadeira, uma tirada de humor, entre tantas as que você mesmo já fez comigo aqui nas minhas postagens. Não se ofenda com isso, não há motivo para isso! No mais, reafirmo o respeito que tenho pela a sua opinião. Ocorre que, ultimamente, só estamos divergindo, e isto num processo de feedback que, espero, mude quando convergirmos em alguma coisa. Penso que essa hora pode chegar a qualquer momento. Pode ficar tranquilo, amigo! E observe que até todos os seus comentários eu curti. 
  • Eraldo Alves Tudo bem, Paulo Monteiro, vou passar a entender agora como bricadeira, embora nao tenha sido dito num contexto de humor, e sim de depreciaçao. Mas, parafraseando Carlos Guimarães, vc tangencia, para nao reconhecer q o argumento do outro eh mais consistente q o seu, pois a sua postagem foi falaciosa em querer passar a ideia de q o Brasil nao eh democratico ao NAO deixar Bolsonaro falar. Mas dizer isso nao corresponde a verdade dos fatos. Se vc nao quer reconher o obvio, fico sem vontade de debater com vc, independente de concordarmos ou nao, afinal aqui nao eh uma disputa de quem sabe mais , mas que seja uma discussao lastreada na honestidade dos fatos.
  • Paulo Monteiro Continuo defendendo que Bolsonaro e todas as pessoas têm assegurada direito da liberdade de expressão e, se isto for suprimido, não poderá ser por ato democrático. Calar as pessoas não é democrático, portanto, fere-se a democracia. Mas respeito a sua opinião, Eraldo Alves! Tranquilo. Acabei de postar sobre a Liberdade de Expressão na visão da nossa Constituição, da ONU e da OEA. Veja aí.
  • Paulo Monteiro Outra coisa, Eraldo Alves, observe que na minha postagem em nenhum momento eu disse, sequer insinuei, que não temos democracia, apenas instigo o debate sobre a visão e a amplitude dessa mesma democracia diante dos exemplos dados. Se for observar direitinho isso certamente verá que eu não nego a nossa democracia.
  • Carlos Guimarães Eraldo Alves. Apologia ao RACISMO e à VIOLÊNCIA são CRIMES ou a legislação mudou e eu não to sabendo? Me ajude PELAMORDEDEUS!!! Pois se não for, deixarei de fazer qualquer procedimento policial em relação a eles! 
  • Eraldo Alves Finalizando minha participaçao aqui e talvez noutras postagens suas (em face do tangenciamento do obvio, afinal, se nao queria passar essa ideia, porque perguntou se o Brasil eh democratico?), eu mando um grande abraço a Adriano Clayton, que se mostra uma pessoa admiravel em sua participaçao, por sua serenidade, objetividade, humildade e honestidade com os fatos. E digo que, quando eu curto uma postagem seria, isso eh porque concordo ou o argumento contido eh consistente e valido, mesmo ate discordando. Curtir pra assegurar liberdade de expressao eh desnessario, pois isso eh tacito, pois todos se expressaram livremente e nao houve agressoes pessoais
  • Carlos Guimarães Mas me responda a pergunta acima, amigo Eraldo Alves!
  • Eraldo Alves concordo com vc Carlos Guimarães, ele comete crimes contra a honra (cod. penal). no meu primeiro comentario, abordo isso
  • Othon Oliveira Enquanto se puder manter esses extremistas (não há outra forma de classificá-los) na minoria, vamos democratizando esse país. Mas para se vivenciar uma democracia todos têm de estar vigilantes e mantê-los a uma boa distância regulamentar Se fosse numa ditadura eles já estariam na ponta de uma corda, hehehe
  • Paulo Monteiro Concordo, Othon Oliveira! Lembrando que as minorias, sejam de que tipo forem, devem ser preservadas, respeitadas e amparadas pela maioria, caso contrário não seria, como você bem disse, uma democracia, e sim uma ditadura. 
  • Daisy Pimentel Paulo Monteiro em falando em democracia, me vem a mente, liberdade... e outras coisinhas mais... Entao, me veio a mente o seguinte: 
    Por a lei, a revista na moradia,de alguem é conhecida como busca e apreensão em domicílio, e só pode ser feita com autorização do proprietário ou com autorização judicial (só não é preciso autorização se houver indicação de que está acontecendo algum crime, em caso de desastre ou se for necessário para prestar socorro).
    Fiquei aqui imaginando as abordagens de veiculos... A Polícia está autorizada a revistar veículos, quando houver indícios de existência de crime, mas sempre vejo o seguinte: o policial para o veiculo, pede a documentaçao, verifica que esta tudo correto, entao ele começa a procurar algo que esteja errado, e se brincar quer ver até a mecanica do carro... Isso nao é ilegal?
    Eu penso que para o policial revistar o carro tb deveria ter autorizaçao do proprietario (sem intimidaçao) ou do juiz..
    Se eu estiver errada, por favor corrija-me
  • Paulo Monteiro Imagino que esse Policial seria especializado em trânsito e, portanto, dentro dessa competência legal ele estaria, em tese, apto a verificar vários itens do veículo. Lembrando que o CTN elenca itens obrigatórios ao veículo, inclusive ni aspecto da manutenção destes, e com multa prevista em caso de falha. Por exemplo, o caso do extintor que deve estar sempre carregado, etc. Assim, exceto a possibilidade de abuso de autoridade, o policial do trânsito estaria apto a fazer a verificação de itens outros do veículo. Enfim, imagine um carro que está sem freio colocando em risco a todos. Penso que é por aí,Daisy Pimentel.
  • Adriano Clayton (1) O abraço e as saudações são recíprocas, amigo Eraldo Alves! Agora vamos mudar de time. hehe. Brincadeira! Como vc bem disse: temos que discordar em algo. (2) Sem querer estender a discussão para outro tema, mas mostrando que a liberdade de expressão não é um direito tão absoluto assim (aliás, não existem direitos absolutos, nem mesmo a vida), exemplifico lembrando que em muito países é crime a negação do holocausto, dentre eles Portugal (http://pt.wikipedia.org/wiki/Negacionismo_do_Holocausto), Carlos Guimarães. E a só existência dos delitos contra a honra já comprovam isso, bem como os referidos 286/287! (3) DAYSE PIMENTEL, a jurisprudência é consolidada quanto a recusar a tese de que o automóvel é extensão do domínio (residência). Seria um cheque em branco à criminalidade (tráfico de armas e drogas, sequestro, o próprio furto/roubo de veículos, adulteração de seus sinais identificadores), sem falar da fiscalização quanto aos itens de segurança e dirigibilidade do veículo, como bem lembrou o estimado colega Paulo Monteiro!
    pt.wikipedia.org
    Negacionismo do Holocausto consiste em afirmações de que o genocídio de judeus d...Ver mais
  • Carlos Guimarães Bacana Adriano Clayton!! Nem sabia dessa de Portugal! Sou bisneto de português, vou pedir minha DUPLA NACIONALIDADE  !
  • Paulo Monteiro Eu sou neto, pelo lado paterno, de portugueses, Carlos Guimarães.
  • Carlos Guimarães Se Não pode negar, QUEM DIRÁ fazer APOLOGIA!
  • Carlos Guimarães Neto são meus primos...
  • Carlos Guimarães Mas que essa entrevista é imperdível, isso é verdade...Independente de posição ideologica... http://www.facebook.com/l.php...
  • Paulo Monteiro Não precisava ir à Wikipedia, Adriano Clayton! Bastava consultar a jurisprudência do nosso STF, no caso do jornalista gaúcho. Assunto que, eu e Carlos Guimarães, já discutimos à exaustão. A relatora foi Ellen Gracie, ministra aposentada. É o único caso no STF, e de uma excrescência impressionante. Fala aí para Adriano, Carlos!
  • Carlos Guimarães E a de LULA TAMBÉM! http://www.facebook.com/l.php...
    www.youtube.com
    Lula manda mensagem ao Foro de São Paulo, saúda os governos de esquerda e progressistas na América Latina e manda apoio a Hugo Chávez.
  • Adriano Clayton Oxente, vc não quis ser garoto de recado de Carlos Guimarães, agora quer fazê-lo assim?! hehehe. É que eu mato a cobra (ops, o leão) e mostro o pau! kkkkk. Mas vc, professorando de novo né, Paulo Monteiro?! hehehe
  • Paulo Monteiro Agora, vai sustentar isso no Mundo Oriental! Pesquisa também qual foi o número de ciganos exterminados, e não só de ciganos mas também de outros povos. Esse é o tipo de julgamento político, Adriano Clayton. Esse tema é sempre alimentado pelo poder da mídia judia, é preciso cautela no acatamento passivo desse tipo de coisa.
  • Adriano Clayton Refiro a debate travado acima, Carlos Guimarães! Mas relevem, tou só jogando molho! hehe
  • Adriano Clayton Paulo Monteiro, como disse acima, vamos deixar isso pra outro debate, se não bagunça o coreto!
  • Paulo Monteiro Não tou fazendo Carlos Guimarães de "garoto de recado", não é isso! É que nós, eu e Carlos, já debatemos muito sobre isso. Inclusive, para o fato do erro histórico do STF de considerar que judeu é raça, e não povo. Veja mais. Aprofunde-se nessa tema, garanto-lhe que isto não é crime. Rsrsrs
  • Paulo Monteiro Garanto-lhe também que o tema é altamente instigante. Vale a pena mesmo!
  • Adriano Clayton Tá vendo vc?! APROFUNDE-SE NESSE TEMA! Bicho, acaba com isso! Eu jamais postei algo querendo ensinar alguém, no máximo dar a notícia. Vc não está sendo feliz nisso.
  • Carlos Guimarães Judeu nem povo é...É uma religião...
  • Paulo Monteiro Veja o que é interpretação. .. A minha intenção foi a melhor possível, foi de informá - lo sobre uma jurisprudência do nosso STF. E você se ofende com isso,Adriano Clayton? Quem não está entendendo sou eu!
  • Adriano Clayton Não me ofendo. Apenas me surpreendo!
  • Carlos Guimarães O que Eraldo Alves fica...Alias, ficava arretado comigo, era porque eu detesto "achismo"...Mas parece que ele entrou na onda do anti-achismo 
  • Paulo Monteiro Vamos fazer o seguinte. Como tudo que eu digo tem sempre uma interpretação negativa na sua visão, vamos dar um tempo nesse debate. Assim, a gente preserva o que é mais importante: a nossa amizade. Tá certo, Adriano Clayton?
  • Carlos Guimarães Sem estresse Paulo Monteiro. Voce é gente boa!
  • Paulo Monteiro Isso para não chegar ao ponto que chegou hoje, quando eu decidi sair da página de um amigo comum. E essa foi a melhor saída para evitar mais desgaste recíproco.
  • Paulo Monteiro Vamos ver o jogo do Sport!
  • Daisy Pimentel Bem,.. 
    Voltando ao assunto postado (O BRASIL É UMA DEMOCRACIA?)... "Todos são iguais perante a lei", só que jurídicamente tal principio assegura às pessoas de situações iguais os mesmos direitos, prerrogativas e vantagens, com as obrigações correspondentes, o que significa "tratar igualmente os iguais e desigualmente os desiguais na medida em que eles se desigualam" visando sempre o equilíbrio entre todos.
    Concordo com voce Paulo Monteiro, "em defender a livre expressão de pensamento para todos, inclusive, eles" que podem ser figuras altamente polêmicas, mas, todos nos temos o direito de nos expressas...
    Isso nao quer dizer que concordo com o que eles dizem,, mas eles tem o direito de colocar suas ideias, tentar convencer... enfim...
    Democracia para mim, é isso tb.
  • Paulo Monteiro Parabéns, Paullo Bellisário! Título merecido! rsrsrs